segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Berreca

Ainda tô aprendendo a juntar os pedaços das palavras.

Às vezes ouvia um barulho lá fora e dizia:

— Uma garrafa!

Aí o papai e a mamãe ensinaram que é uma cigarra.

Papai ligou o computador e eu disse para ele:

— Não pode ligar a professora!

Aí ele disse que podia ligar, sim, a impressora.

Mas a mamãe achou engraçado mesmo foi quando ela me perguntou qual é o nome da menininha que tá dentro da barriga da tia Raquel.

Berreca! — falei.

Papai explicou que, quando nascer, ela até vai ser um pouco "berreca", mas o nome não é esse.

Rebeca, né? — agora aprendi.

Um comentário: